Notícias

Nova técnica para tratamento de glaucoma ABIMED

Nova técnica para tratamento de glaucoma

O Hospital Oftalmológico do Banco de Olhos de Sorocaba (BOS) está disponibilizando uma nova técnica cirúrgica que visa melhorar a qualidade de vida dos pacientes com glaucoma. Trata-se de um procedimento inovador, que é feito com uma tecnologia chamada iStent inject, da empresa Glaukos, por meio de uma cirurgia minimamente invasiva.


Cinco especialistas do BOS foram certificados na nova técnica, sendo eles: Fernando Cresta, João Ormonde, Lycia Pedral Sampaio, Natália Amorim e Nathalie Vargas. O procedimento é indicado para pacientes que sofrem com glaucoma, uma doença causada, principalmente, pela elevação da pressão intraocular, que provoca lesões no nervo óptico e pode comprometer a visão. “O BOS, por meio do Hospital Oftalmológico de Sorocaba, está proporcionando aos seus pacientes um tratamento inovador para o controle do glaucoma. A cirurgia utiliza um stent microscópico, o iStent inject, que é implantado no trabeculado ocular durante uma cirurgia rápida, que leva minutos”, afirma Fernando Cresta, médico oftalmologista e chefe do Setor de Catarata do BOS.


Para o especialista em catarata e retina do BOS, médico João Ormonde, essa evolução vai ajudar na aceitação dos pacientes ao tratamento, pois ainda há resistência na utilização de colírios e outros medicamentos. “Um dos grandes desafios do tratamento do glaucoma, sem sombra de dúvidas, é a adesão dos pacientes, que muitas vezes ficam desapontados ao saberem que terão que pingar colírios para o resto da vida. Ainda temos que considerar os esquecimentos, já que muitas vezes os colírios não são os únicos medicamentos de uso continuo destes pacientes, além dos efeitos colaterais e até mesmo a ineficácia das drogas”, explica o médico.


Complexidade



Antes do surgimento desse procedimento, a cirurgia era recomendada apenas para casos mais graves. “O tratamento cirúrgico do glaucoma sempre ficou reservado aos casos avançados ou refratários, dada a complexidade e riscos inerentes a esses procedimentos. Assim, casos iniciais e moderados acabavam sendo tratados com o uso de colírios e, em algumas situações, com laser”, explica Nathalie Vargas, médica oftalmologista especialista em Córnea e Catarata do BOS.


O iStent inject foi aprovado recentemente no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A implantação do dispositivo é segura, podendo, inclusive, ser combinada com outras técnicas cirúrgicas. “Em alguns casos, fazemos simultaneamente a cirurgia de catarata e o implante do dreno intraocular. Por ser uma cirurgia minimamente invasiva, há riscos reduzidos e muitos ganhos para o paciente. Com o implante desse dispositivo é possível reduzir ou, até mesmo, eliminar a necessidade do uso diário de colírios em casos de glaucoma moderado”, comenta Lycia Pedral Sampaio, médica oftalmologista e especialista em Córnea e Catarata do BOS.


Por se tratar de uma cirurgia que exige elevado conhecimento técnico, é preciso que os médicos oftalmologistas sejam certificados para implantar o dreno, o que só é possível após intenso treinamento. “É muito importante ter a capacitação, antes de realizar um procedimento tão complexo, buscando entender mais sobre essa tecnologia e saber como usá-la, pensando em oferecer, sempre, o melhor para o paciente e minimizando os riscos envolvidos”, pontua Natália Amorim, médica oftalmologista e especialista em Córnea e Catarata do BOS.


A necessidade do implante do dreno intraocular deve ser sempre avaliada por um médico oftalmologista capacitado e treinado. Mais informações podem ser obtidas pelo site: www.bos.org.br ou pelo telefone: (15) 3212-7000. (Da Redação)


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

URL:https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/01/02/hospital-oftalmologico-oferece-nova-tecnica-para-tratamento-de-glaucoma/


Desenvolvido por MakeIT Informática