Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Cinco startups brasileiras que propõem soluções inovadoras em saúde

Publicado em 01/09/2015 • Notícias

Empreendedores têm direcionado esforços para desenvolver soluções cujo objetivo é melhorar a vida de pacientes e o trabalho cotidiano de médicos. No entanto, o potencial do setor permanece ainda pouco explorado.

Segundo relatório da Fundacity Investments, 77% das aceleradoras têm interesse em investir em empresas em estágio inicial da área de saúde ao longos dos próximos 12 meses.

Como exemplo, a startup Memed – que oferece plataforma para consulta de medicamentos de indústrias farmacêuticas – venceu recentemente a etapa para América Latina do prêmio QPrize. Promovido pelo braço de investimentos da Qualcomm, a Qualcomm Ventures, o prêmio injetou na companhia um total de US$ 500 mil.

Soluções que propõem o monitoramento da saúde de funcionários, acompanhamento de pacientes com doenças crônicas e gestão de prontuários já se encontram no horizonte de jovens companhias de base tecnológica.

Conheça algumas das startups brasileiras que têm se destacado no setor:

Memed

A startup brasileira lançada em 2012 oferece plataforma online e mobile exclusiva para uso médico. Por meio dela, profissionais podem consultar mais de 20 mil medicamentos de 335 indústrias farmacêuticas e realizar prescrições digitais.

A ferramenta oferece de forma gratuita o histórico de prescrição de seus pacientes, visualização de bulas completas, disponibiliza um acervo ilimitado e organizado de fórmulas manipuladas e outras facilidades. Atualmente, mais de 8.500 profissionais consultam informações e prescrevem receituários por meio dela.

Medicina Direta

Em 2013, a startup Medicina Direta criou a plataforma que auxilia médicos na gestão de prontuários dos pacientes. As informações ficam armazenadas na nuvem e o médico pode acessá-las pelo smartphone. Dessa forma, um médico a caminho do centro cirúrgico pode consultar todo o histórico do paciente.

A empresa também cria sites para médicos que são integrados à plataforma de prontuário eletrônico, dessa forma o serviço é otimizado para que pacientes encontrem o médico ao realizarem pesquisa no Google.

Doutor Recomenda

Criada em setembro de 2014, a startup desenvolveu uma plataforma de comunicação que pretende facilitar o entendimento das orientações médicas pelos pacientes. Por meio de um aplicativo, o paciente recebe orientações sobre sua doença, a forma correta do uso dos medicamentos e lembretes automáticos sobre a data para realizar exames e retornar à consulta. O objetivo é auxiliar os pacientes após a realização da consulta com os médicos.SaúdeControle

A startup tem como objetivo reunir todas as informações sobre dados e exames de pacientes na nuvem. Criada em 2014, a empresa desenvolveu uma plataforma que permite o acesso a todo histórico médico do usuário.

O SaúdeControle pode ser acessado via web ou via aplicativo em aparelhos Android e iOS. Ao se cadastrar gratuitamente, o usuário tem acesso a ferramentas de histórico médico, ficha clínica, resultado de exames atuais e acompanhamento dos tratamentos que está realizando. Além disso, há a possibilidade de empresas acompanharem a saúde de seus funcionários.

PEBmed

Criada em 2012 por três médicos – Pedro Gemal, Eduardo Moura e Bruno Lagoeiro – a empresa se dedica a criar aplicativos para a área médica, um deles é o Whitebook. Trata-se de um guia de prescrição, de orientações de condutas médicas e medicamentos para diversas especialidades. Ao todo, todos as aplicações desenvolvidas pela PEBmed já superaram 250 mil downloads.

Fonte: Computerworld

Mais notícias e eventos