Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Investe SP discute inovações na Saúde

Publicado em 12/08/2015 • Notícias

Empresários, especialistas e governo reúnem-se na Investe SP para discutir inovações na Saúde

_x000D_

Com mais de 400 convidados, painéis discutiram a inovação e o aprimoramento da cadeia produtiva do setor

_x000D_

 

_x000D_

Depois de lançar o programa Investe SP Saúde, a Investe São Paulo realizou nesta quarta-feira, 12 de agosto, na sede da Agência, o primeiro seminário Propostas do Estado de São Paulo para Inovar a Saúde no Brasil. Mais de 400 pessoas, entre autoridades governamentais, empresários, especialistas e representantes diplomáticos participaram do evento discutindo soluções e propostas para o setor.

_x000D_

Realizado em parceria com as secretarias de Estado da Saúde e de Governo e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o fórum contou com cinco painéis de temáticas distintas.

_x000D_

“Os desafios que nos foram dados pelo secretário e vice-governador Márcio França nos estimularam a convidar a cadeia produtiva da saúde, que compareceu em peso, enumerando sugestões e projetos de sucesso que certamente vão agregar investimentos e muita inovação à saúde em São Paulo. Este protagonismo é a marca do atual Governo de São Paulo, sempre pautado pela inovação. E já estamos trabalhando forte no setor, tanto que atraímos, este ano, oito empresas do setor de saúde, que representam um aporte de R$ 1,5 bilhão”, disse o presidente da Investe SP, Juan Quirós.

_x000D_

Ainda durante a cerimônia de abertura o coordenador titular do BioBrasil – Comitê da Bioindústria da Fiesp, Ruy Balmer, afirmou: “A saúde é um dos setores mais inovadores do mercado global, que cria empregos qualificados, com investimentos de todos os portes, com predominância das pequenas e médias empresas. Nosso objetivo é fazer do Estado de São Paulo o maior centro de inovação da América do Sul. Parabenizo a Secretaria de Desenvolvimento, o nosso vice-governador, a Investe São Paulo e as secretarias de Saúde e de Governo por tratarem bem nosso setor, que saberá responder à altura com mais empregos, inovação e bom atendimento aos pacientes privados e do SUS”.

_x000D_

O deputado estadual Itamar Borges também participou do evento. “Como presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo da Assembleia Legislativa, tenho participado, junto com o deputado Caio França, de inúmeras reuniões com a Investe SP. O bom atendimento da Agência certamente trará frutos para todas as regiões do Estado de São Paulo. Temos que continuar fortalecendo a pequena e média empresa”, defendeu.

_x000D_

Por fim, o vice-governador Márcio França parabenizou a Investe São Paulo pelo evento. “Soubemos aproveitar esta janela de oportunidade surgida com a lei que autoriza investimentos estrangeiros na saúde. Mais que isso, aqui estão em peso as empresas nacionais, os pequenos e médios investidores, que muito podem ajudar a inovar a saúde em São Paulo e no Brasil. A frase que fica é ‘Onde não havia caminhos, a gente voou’. Ou seja, não adianta ficarmos reclamando da crise. Temos que olhar para as oportunidades e investir”. “

_x000D_

França também ressaltou os bons resultados que o Estado tem registrado, como a criação de empregos toda semana por meio de empresas que são registradas na Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), que superou, este ano, o número de abertura de empresas do ano passado. “Esta é a orientação do governador Geraldo Alckmin. Temos que criar empregos, empregos e empregos”, completou. 

Os painéis

_x000D_

O presidente Juan Quirós fez a primeira apresentação, dando a pauta do evento, que teve o destaque para a existência de 79 projetos em andamento na Investe SP, com a expectativa de investimentos de R$ 24,6 bilhões e a criação de 32.967 empregos.
O primeiro painel com o tema “As novas oportunidades na área da saúde – cadeia de fornecedores para o Estado” foi moderado por Geraldo Reple Sobrinho, coordenador de Serviços da Secretaria de Estado da Saúde.

_x000D_

As apresentações feitas por Adhemar Dizioli, diretor técnico da mesma pasta da Secretaria de Saúde, Ricardo Banana, diretor de Operações da empresa Centro Saneamento e Serviços Avançados e por Juliana Donha, gestora de Negócios da empresa Atmosfera, abordaram assuntos relacionados ao cotidiano de hospitais públicos. Foi falado sobre a terceirização de serviços, a ideia dos hospitais compactos e os desafios dos prestadores de serviços na saúde.

_x000D_

Já o segundo painel, “Os desafios para transformar o Estado de São Paulo em um polo inovador em saúde, o Vale do Silício da Inovação em saúde e as ações de empreendedorismo (startups) como solução para o setor”, foi moderado por Ruy Baumer.
O quadro foi composto por Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da Abimo, Eduardo Giacomazzi, coordenador adjunto do BioBrasil – Comitê da Bioindústria da Fiesp, e Sylvio Gomide, diretor do CAF – Comitê Acelera Fiesp. Todas as apresentações abordaram temas relacionados à inovação, principalmente no apoio a pequenas e médias empresas brasileiras.

_x000D_

Giacomazzi, inclusive, enfatizou a importância da Investe SP nesse processo: “Parabéns à Agência por ter criado um programa de apoio aos pequenos e médios empreendedores – eles são fundamentais para que o potencial que o Estado tem para inovar seja aplicado”.

_x000D_

No terceiro painel, o diretor Científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Carlos Henrique de Brito Cruz, e o diretor Financeiro e de Negócios da Desenvolve SP, Álvaro Sedlacek, explicaram como funcionam e de que forma as empresas podem ter acesso às linhas de financiamento que o Estado de São Paulo oferece para inovação e projetos relacionados a saúde.

_x000D_

Também expositivo, o quarto painel trouxe duas experiências internacionais sobre gestão da saúde pública. Michel Korstee, consultor para inovação e saúde do Consulado Geral da Holanda em São Paulo falou sobre projetos e iniciativas de sucesso nos Países Baixos. E para falar sobre o sistema público de saúde em Israel palestrou o cônsul econômico do Consulado de Israel do Rio de Janeiro, Daniel Kolbar.

_x000D_

O evento foi finalizado pelo painel que discutiu os modelos de parcerias público-privadas disponíveis no Estado de São Paulo para projetos relacionados à gestão da saúde pública. Novamente moderado por Ruy Balmer, contou com a participação de Marcelo Allain, coordenador de Parcerias do Governo do Estado de São Paulo, Rita Ragazzi, gerente de Pesquisa em Saúde para a América Latina da Frost & Sullivan, e Eliane Kihara, sócia-líder de Pharma & Life Sciences e sócia-líder de consultoria em Saúde da PWC.

_x000D_

 

_x000D_

_x000D_

Na foto, presidente da Investe SP, Juan Quirós, discursa na abertura do evento.

Fonte: Investe SP

Mais notícias e eventos