Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Merkel chega com grande delegação e inaugura cooperação política em tecnologia e educação

Publicado em 18/08/2015 • Notícias

A Alemanha sempre foi um parceiro comercial importante para o Brasil, primordialmente pelo lado econômico. Essa parceria econômica vai continuar forte, com investimentos neste ano em várias fábricas no País. A novidade, que está sendo inaugurada com a visita da chanceler Angela Merkel, que começa nesta quarta-feira (19), é uma cooperação em políticas tecnológicas e educacionais, afirmou o embaixador Oswaldo Biato Júnior, diretor do Departamento da Europa do Ministério das Relações Exteriores.

_x000D_

_x000D_

Biato Júnior: Dois terços do governo alemão estarão discutindo cooperação. Foto: Henrique Tavares/MRE

_x000D_

_x000D_

“A visita tem a particularidade que praticamente dois terços do governo da chanceler Angela Merkel estão vindo para o Brasil. Eles terão encontros com seus pares brasileiros para discutir, em detalhes e grande pormenor, todas as possibilidades de cooperação em educação, ciência e tecnologia, de comércio, finanças e desenvolvimento”, informou o embaixador, durante briefing à imprensa realizado no Itamaraty, nesta terça-feira (18).

_x000D_

Segundo Oswaldo Biato, a partir desses contatos bilaterais, os representantes dos dois países participarão de uma grande reunião, em que passarão em revista, sob a coordenação das duas mandatárias, Dilma e Merkel, todos os resultados iniciais dessa visita. “Nossa expectativa é de que, com isso, possamos começar uma cooperação, um diálogo muito mais extenso, muito mais avançado do que tínhamos antes”.

_x000D_

Acordo sobre clima
Como consequência dessa grande interação entre integrantes dos governos Dilma e Merkel, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e a ministra alemã de Meio Ambiente, Barbara Hendricks, abrem, já nesta quarta-feira, a Conferência Florestas, Clima e Biodiversidade, no Brasília Palace Hotel, na capital federal. O evento celebra acordos de cooperação entre os dois países, que totalizam 54 milhões de euros. Durante o evento, a presidenta da Caixa, Míriam Belchior, também assina acordo com o governo alemão.

_x000D_

Essa cooperação garantirá um aporte financeiro no Fundo Amazônia para apoiar atividades de fomento e de concessão de proteção ao bioma e redução das emissões de gases de efeito estufa, entre outros projetos.

_x000D_

Novos investimentos na indústria
Já o embaixador Oswaldo Biato Júnior fez questão de destacar, durante o briefing no Itamaraty, a força da parceria da Alemanha com o Brasil na economia, em diversos investimentos que já estão se concretizando.

_x000D_

“Há uma série importante deles [investimentos]. Na área automobilística, por exemplo, temos uma fábrica da Audi que será construída com investimentos de cerca de R$ 500 milhões. A Volkswagen vai começar a produzir o Golfe em São José dos Pinhais [no Paraná]. A Mercedes-Benz vai inaugurar uma nova fábrica em Iracemápolis, no interior de São Paulo, também com investimentos em torno de R$ 500 milhões”.

_x000D_

E, finalmente, lembrou Biato, o investimento feito pela Basf, que criou um grande polo de produção de acrílicos na Bahia, avaliado em R$ 1,2 bilhão.

_x000D_

“Tudo isso mostra que os grandes investimentos alemães continuam a acontecer no Brasil. E que são realmente muito importantes, sobretudo na área de química e área industrial. São fundamentais nessas duas áreas”, enfatizou o embaixador.

Fonte: Blog do Planalto

Mais notícias e eventos