Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Relator rejeita a CPMF como fonte de arrecadação em 201

Publicado em 14/07/2016 • Notícias

O senador Wellington sem a votação da LDO, Fagundes (PR-MT), relator do deputados e senadores não Projeto de Lei de Diretrizes podem entrar em recesso, mas Orçamentárias (LDO), retirou a eles vão adotar o Contribuição Provisória sobre chamado recesso branco de 18 Movimentação Financeira a 29 de julho.
(CPMF) da relação de Para o senador, diante do possíveis fontes de atual momento político-social, a arrecadação para o Orçamento volta do imposto é “improvável do governo em 2017. e inoportuna”. Em documento Em função da eleição do encaminhado ao ministro presidente da Câmara dos interino do Planejamento, Deputados na tarde de hoje Orçamento e Gestão, Dyogo (13), a reunião da Comissão Oliveira, Wellington observou Mista de Orçamento, marcada que a manutenção da projeção para a votação da LDO de 2017 de receita com base na CPMF foi cancelada. Com isso, a “não contribui para a apreciação da matéria deve construção de um orçamento ficar para agosto. Oficialmente, realista”.

Fonte: DCI – Diário Comércio Indústria & Serviços

Mais notícias e eventos