Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

SETOR DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS SE RECUPERS

Publicado em 26/09/2013 • Notícias

Após fechar 2012 com um resultado considerado fraco –aumento de 4,2%–, o setor de máquinas e suprimentos médico-hospitalares começa a retomar seu ritmo de expansão.

No acumulado dos sete primeiros meses deste ano, o incremento das vendas foi de 9,2% na comparação com o mesmo período de 2012, de acordo com dados da Abimed (associação do segmento).

Em 2011 e em 2010, a elevação havia chegado a 19% e a 20%, respectivamente.

Também nos sete primeiros meses de 2013, a produção avançou 7,7%, e o número de novos postos de trabalho subiu 4%.

“”O crescimento da área de equipamentos para saúde não se compara com o do PIB porque há uma grande demanda reprimida””, diz o presidente-executivo da entidade, Carlos Goulart.

“”É só ver pelas filas em hospitais. Além disso, os brasileiros estão envelhecendo, mais pessoas entraram na classe média e a população economicamente ativa, que tem um salário e normalmente um plano de saúde, aumentou.””

Apesar de considerar sazonal a retração registrada no ano passado, Goulart afirma que a greve da Anvisa também prejudicou –equipamentos importados ficaram parados nos portos aguardando vistoria do órgão.

“”Teve um momento em que tivemos que deixar de atender pedidos””, acrescenta.

Goulart espera que este ano termine com uma alta de até 15%. Em 2012, o mercado movimentou US$ 9 bilhões.

Fonte: FOLHA DE S.PAULO

Mais notícias e eventos