Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

ABIMED tomou medidas contra a possível greve dos caminhoneiros

Publicado em 05/02/2021 • Notícias

Entre_x000D_
01 e 02 de fevereiro, entidades representativas do setor de caminhoneiros_x000D_
cancelaram a greve programada para o início da semana. Com isso, a mobilização_x000D_
convocada para pressionar um diálogo com o governo federal chegou ao fim sem_x000D_
avanços.

A_x000D_
ABIMED já havia se antecipado em acionar diferentes órgãos dos governos federal_x000D_
e do estado de SP a adotarem medidas de salvaguardas para evitar situações,_x000D_
como falta de combustíveis, de segurança e bloqueio de estradas, que poderiam_x000D_
acarretar desabastecimento de insumos para a indústrias e de produtos acabados_x000D_
para hospitais e serviços de saúde.

Foram_x000D_
feitos despachos de ofícios ABIMED em 29 de janeiro para o Ministério da_x000D_
Infraestrutura, Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ministério da Saúde,_x000D_
Casa Civil e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Casa Civil_x000D_
do Estado de São Paulo, Secretaria de Logística de Transportes SP, Secretaria_x000D_
de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, Secretaria da Casa Civil_x000D_
Militar e Defesa Civil de São Paulo.

_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_
_x000D_

Acesse_x000D_
o Portal do Associado e busque por “Transporte de produtos para saúde frente_x000D_
iminente greve de caminhoneiros”.

Fonte: ABIMED

Mais notícias e eventos