Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Fapeg lança edital do Programa Primeiros Projetos

Publicado em 17/03/2015 • Notícias

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), disponibiliza, no site da Fundação, a chamada pública 03/2015, no âmbito do Programa Primeiros Projetos (PPP). O edital, que recebe inscrições a partir do próximo dia 20, tem por finalidade apoiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, mediante a seleção de propostas para apoio financeiro a projetos científicos e de inovação do Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores.

_x000D_

 

_x000D_

O objetivo principal da chamada pública é dar suporte à fixação de jovens pesquisadores e de novos grupos de pesquisa em qualquer área do conhecimento. A presidente da Fapeg, Maria Zaira Turchi, ressalta que em Goiás houve uma expansão do número de instituições e hoje o Estado conta com vários jovens doutores. “Esta é uma bela oportunidade de submeter projetos para ter fomento para o desenvolvimento de pesquisas importantes”. Podem se inscrever doutores, com título obtido há menos de sete anos, com vínculo empregatício com Instituições de Ensino Superior (IES) ou  Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) sediadas no Estado de Goiás.

_x000D_

 

_x000D_

Por meio deste edital serão financiadas a aquisição, instalação, modernização, ampliação e recuperação da infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica das IES ou ICTIs.  Para concorrer, as instituições devem comprometer-se a propiciar condições adequadas de espaço, infraestrutura, pessoal de apoio técnico e administrativo, bem como tempo para a equipe dedicar-se ao projeto proposto.

_x000D_

 

_x000D_

Os recursos são da ordem de R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões provenientes do CNPq e R$ 1 milhão do Tesouro Estadual. Cada projeto selecionado, que deverá ser executado em um período de 24 meses, prorrogáveis por até 12 meses, receberá fomento de, no máximo, R$ 50 mil.

Fonte: Goiás Agora

Mais notícias e eventos