Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Viver mais e melhor

Publicado em 17/08/2015 • Notícias

A ampliação do acesso à saúde, com o Sistema Único de Saúde (SUS), somada aos avanços da medicina diagnóstica e dos tratamentos disponíveis nos garantiram uma maior expectativa de vida – mas resta saber se estamos vivendo melhor. A resposta para essa pergunta depende principalmente da prevenção de doenças e o diagnóstico precoce. A recomendação vale para as doenças que mais matam no Brasil, como as cerebrovasculares, infartos, pneumonias, diabetes mellitus, doenças hipertensivas e alguns tipos de cânceres.
Para conscientizar a população, o Ministério da Saúde adota várias ações e programas, como o do Controle do Câncer e o do Tabagismo, entre outros.
Os hospitais privados e os planos de saúde também possuem iniciativas semelhantes: além de proporcionar informação e melhorar a condição de vida dos pacientes, os programas preventivos reduzem os custos com atendimentos, internações e tratamentos.
As operadoras ainda investem para adquirir modernos equipamentos e poder realizar mais e melhores exames. Em 2014, por exemplo, a Amil criou no Rio de Janeiro o Americas Medical City, composto por um grande centro médico, reunindo consultórios, laboratórios e hospitais.A empresa adquiriu vários equipamentos de última geração para produção de imagens diagnósticas, fornecidos pela Siemens, para fazer exames mais precisos,que aumentam a possibilidade do diagnóstico precoce e as chances de cura.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Mais notícias e eventos