Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Pronto-socorro da USP restringe funcionamento à noite

Publicado em 08/06/2016 • Notícias

O HU (Hospital Universitário) da USP vai interromper o atendimento do PS (pronto socorro)noturno na próxima semana. Só atendimentos emergenciais serão realizados a partir da sexta (10).
A unidade havia limitado em 2015 o pronto-socorro infantil a noite, das 19h às 7h.
Comunicado do HU oficializa agora o mesmo procedimento para os adultos.
A unidade vem sofrendo um desmonte nos últimos anos. A nova limitação no atendimento é reflexo da falta de profissionais e consequente fechamento de 49 leitos a partir de 2014.
Por contratações, os médicos do HU entraram em greve no início desta semana.
O esvaziamento das equipes provocou uma redução de 30% nas consultas ambulatoriais entre 2013 e 2015, conforme a Folha revelou na quinta-feira (2). Atendimentos de urgências recuaram 24% e internações, 21%.
Em 2014, a reitoria da USP realizou um PDV (Plano de Demissão Voluntária) na universidade.Desde então, o HU perdeu 43 médicos (15% da equipe) e 195 servidores técnico-administrativos.
Por causa da crise financeira na USP,novas contratações estão congeladas.
A restrição do PS noturno, segundo o HU, tem o objetivo de seguir “padrões mínimos de segurança e qualidade”.
“As equipes reduzidas ficarão responsáveis pelos pacientes em observação […] e pelos atendimentos dos casos emergenciais [no período noturno]”, cita o texto.
Servidores administrativos da unidade já haviam aderido à paralisação puxada pelo Sintusp (Sindicato dos Trabalhadores da USP). A categoria está em greve desde o dia 12 de maio.

Fonte: Folha de São Paulo

Mais notícias e eventos