Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao prosseguir você concorda com nossa política de privacidade.

Análise da ‘pílula do câncer’ vai levar 7 meses

Publicado em 19/11/2015 • Notícias

O Ministério da Ciência,Tecnologia e Inovação (MCTI) pretende concluir a fase pré-clínica da fosfoetanolamina sintética, que ficou conhecida como “pílula do câncer”, em setemeses. Esse é o tempo previsto para que sejam feitas as análises do produto, desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos. Depois disso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avaliará se autoriza testes com pacientes voluntários.

_x000D_

O ministro do MCTI, Celso Pansera, informou que a pasta vai pedir à USP 500 gramas do produto, que serão analisadas pelos laboratórios escalados para participar desta fase do programa.Paralelamente, será solicitada a rota de síntese da fosfoetanolamina depositada no Instituto Nacional de Produção Industrial (INPI), a “receita” do produto,para que ele seja preparado pelo Laboratório da Universidade Federal do Rio.

_x000D_

Concluída a fase pré-clínica, o material deverá ser encaminhado diretamente para análise da Anvisa.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Mais notícias e eventos